Governo estima que são necessários R$ 12 bi para desenvolver logística

01/10/2015No Comments

O Governo do Estado estima que sejam necessários R$ 12 bilhões para desenvolver a infraestrutura logística do Ceará nos próximos 20 anos, com aplicações nos modais rodoviário, portuário, aeroviário, ferroviário e dutoviário. O montante é estimado pela Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra) por meio do Plano Estadual de Logística e Transporte (Pelt).

“O Pelt está sendo implantado através do Ceará IV, da expansão do Porto do Pecém, dos novos aeroportos, bem como da inclusão de futuros projetos na LOA 2016 e PPA 2016 e 2019”, explica André Facó, titular da Seinfra.

A Seinfra sugeriu parceria institucional com a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) para aprimoramento de projetos de infraestrutura econômica no Estado. A ideia é detectar parcerias sem que seja necessária a aplicação de recursos públicos.

Concessões

“Nesse momento que se tem uma restrição de recursos públicos, sejam eles estaduais ou federais, a concessão é o melhor modelo porque exatamente se põe de pé sem a necessidade de você ter recursos públicos aplicados”, explica Facó.

Agora, está sendo buscada uma consultoria para apoiar a concessão. “Nesse tempo, vamos fazer aquilo que se chama pipeline de projetos, colocando para cada projeto qual é o seu esforço e, posteriormente, lançar isso para o mercado”, diz Facó.  Fonte: O POVO/CE |Giovânia Alencar, especial para O POVO. Colaborou Beatriz Cavalcante.

email

Leia Também:

  1. PSI vai financiar infraestrutura de logística, diz governo
  2. Governo estima prejuízos de R$ 600 milhões com crise por cheia do Madeira
  3. Empresa atraída pelo Governo fortalece logística no Porto do Pecém
  4. Governo aposta em logística para o país crescer
  5. Produção brasileira de soja deve crescer 22%, estima Safras

Deixe uma resposta


9 − = 7