Aeroporto de Lucas do Rio Verde será beneficiado pelo Programa de Integração e Logística

11/03/2016No Comments

O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Guilherme Walter Ramalho, anunciou que dos 13 aeroportos de Mato Grosso – inclusive O Presidente João Figueiredo, emSinop -, que serão beneficiados com o Programa de Integração e Logística (PIL) do Governo Federal, cinco já estão em processo final de execução do projeto.

Além deles, outros quatro estão no aguarde da liberação das licenças ambientais expedidos pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), sendo as cidades de Vila Rica, Tangará da Serra, Rondonópolis e Alta Floresta.
Foto Internet

Foto Internet

Tudo isso devido ao fato de no meio do ano passado o Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema) aprovou a dispensa do Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA).  A medida teve como objetivo a liberação das obras no aeroporto deSinop. Até o mês de agosto deve ser iniciado o processo de licitação. O investimento deve girar e torno dos R$ 100 milhões.

“Temos contatado constantemente à Secretaria de Aviação e acompanhado os processos na SEMA a fim de dar celeridade a um investimentos que será rentável ao nosso estado. O investimento nos aeroportos significa retorno econômico positivo para o estado”, avaliou o deputado estadual Silvano Amaral.
No entanto os recursos disponibilizados são apenas para o custeio dos projetos e não para as obras. Para que as obras em si sejam realizadas é necessário pleitear recursos junto ao Governo Federal. O secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Sinop, Marcos Bachiega, avalia que apenas o custeio do projeto já é grande coisa.

“No total, são 60 projetos que demandam recursos e isso tem sido feito e estamos confiantes de que em Sinop a execução das obras começará no prazo previsto. Estamos confiantes e felizes com a informação de que Sinop sai na frente, atendendo todas as exigências dos órgãos competentes”, pontuou ele.
Além dos aeroportos citados ainda estão na lista para receber os benefícios das cidades de Barra do Garças, São Félix do Araguaia, Cáceres, Juara, Juína, Pontes e Lacerda, Lucas do Rio Verdee Matupá.
Com o programa o governo busca integrar o território nacional, fortalecer os pontos turísticos, desenvolver pólos regionais e melhorar a mobilidade principalmente para comunidades da Amazônia Legal. Além disso, promove o barateamento das passagens nesses aeroportos.
Ao todo serão investidos cerca de R$ 7,3 bilhões. Somente na região Centro-Oeste são 31 aeroportos na lista para receber os benefícios, desses 13 são de MT. Leia matéria original em CenarioMT.com.br
email

Leia Também:

  1. ANTT discute ferrovia Lucas do Rio Verde (MT)-Campinorte (GO)
  2. Audiência discute ferrovia Lucas do Rio Verde (MT)-Campinorte (GO)
  3. Edital de ferrovia que passa por Lucas R. Verde pode sair até dezembro
  4. Após 9 meses, programa de logística só produz resultado no setor portuário
  5. Porto de Santos será contemplado com programa de qualificação

Deixe uma resposta


+ 6 = 12