Rômulo defende cabotagem da Petrobras no Porto de Cabedelo

12/07/2015No Comments

Rômulo Gouveia (Reprodução)

Rômulo Gouveia (Reprodução)

Assim que tomou conhecimento da possibilidade da cabotagem de combustível diminuir no Porto de Cabedelo, o deputado federal Rômulo Gouveia (PSD) determinou que sua assessoria providencie requerimentos, ofício e audiências solicitando explicações e pedindo que a medida não seja concretizada. O parlamentar prega que esta deve ser uma luta de toda a bancada federal e destaca os prejuízos que a Paraíba pode ter com a mudança.

Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba, Omar Hamad Filho, o Sindipetro recebeu a informação da Petrobras que a descarga de combustível na Paraíba será reduzida em setembro.

Para Rômulo, a medida proposta não pode ser aceita devido os prejuízos que deve causar ao Estado com a falta de arrecadação, o desemprego e a elevação no valor dos combustíveis nos postos, desencadeando uma elevação generalizado no valor de produtos e serviços.

Preocupado com a possibilidade, o deputado pretende se mobilizar com os demais representantes do Estado para reverter a decisão nacional que já foi ensaiada pela Petrobras em 2013. Fonte: MAIS PARAÍBA

email

Leia Também:

  1. 'Saída da Petrobras do Porto de Cabedelo vai trazer prejuízos', diz Deputado
  2. Petrobras: Começa a operar o quarto navio do Promef
  3. Diretor-geral da ANTAQ defende estímulo à cabotagem
  4. Porto de Cabedelo será contemplado com PAC e Terminal Multiuso
  5. Governo acerta liberação de recursos para Porto de Cabedelo

Deixe uma resposta


5 − = 0