Jurandil diz que Amapá perde por falta de logística e estrutura

05/07/2016No Comments

Segundo economista, falta de interesse e investimentos deixam o estado sem perspectivas de ser beneficiado com exploração de petróleo

Reprodução O Diario/AP

Reprodução O Diario/AP

Em entrevista concedida na manhã desta terça-feira, 05, ao programa Luiz Melo Entrevista (DiárioFM 90.9), o economista e ex-deputado federal Jurandil Juarez fez previsões difíceis para o Amapá em termos de desenvolvimento. Segundo ele, a falta de estrutura, de logística e empenho das lideranças políticas locais tem deixado o estado em desvantagem na busca do desenvolvimento.

“Está faltando uma visão de futuro para o Amapá, porque não há investimentos principalmente em infra-estrutura e logística; a economia está emperrada e quando surge uma perspectiva nova para aquecer a economia nos deparamos com a falta de condições para atrair investimentos; é necessário  se pensar melhor no Amapá de hoje para que tenhamos reais condições de respirar ares de desenvolvimento no futuro”.

Ao comentar sobre a expectativa de exploração do petróleo na Costa do Amapá, cujos trabalhos de prospecção estão em fase inicial, Jurandil Juarez demonstrou pessimismo no que diz respeito à possibilidade do estado ser beneficiado: “Fala-se tanto em petróleo, mas vai acontecer o mesmo que ocorre com o pescado e o camarão, por exemplo, porque o estado não tem diretriz, não tem interlocução; todo mundo tira pescado e camarão daqui e nada é taxado, nem há nem estatística a respeito disso; a exploração do petróleo, quando ocorrer, se ocorrer realmente quem será o grande beneficiado é o Pará, porque as forças econômicas e o governo do Pará atuaram para levar (as empresas) para lá. inclusive mostrando qeu o Aapá não tem logística, não tem estrutura; eles trabalharam nisso, e as empresas perceberam a vantagem de operar no Pará; por isso o benefício vai todo para o Pará”, previu. Leia materia original em Diario/AP

email

Leia Também:

  1. Falta de aduana impede abertura de ponte no Amapá
  2. Macaé perde espaço em projetos voltados à logística
  3. Panamá mostra interesse comercial no Porto de Santana, no Amapá
  4. Senador fala sobre logística na Amazônia em encontro no Amapá
  5. Cidades de Mato Grosso perdem por falta de logística

Deixe uma resposta


6 + = 12