Estivadores cruzarão os braços por 24h nesta sexta-feira

29/06/2016No Comments

Estivadores da Baixada Santista marcaram uma greve de 24 horas para esta sexta-feira (1º), em protesto à postura das empresas de não negociarem com os trabalhadores e de abrirem vagas de emprego para vinculados.

Para sindicalista, abertura de vagas em terminal é considerada ilegal (Foto: Carlos Nogueira)

Para sindicalista, abertura de vagas em terminal
é considerada ilegal (Foto: Carlos Nogueira)

Para o presidente do Sindicato dos Estivadores de Santos e Região, Rodnei Oliveira da Silva, o Nei, a abertura de 60 vagas em terminais do Porto de Santos é ilegal.

Isso porque, segundo o sindicalista, a batalha judicial sobre a contratação de estivadores ainda está rolando. O sindicato irá recorrer da decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que permite aos operadores portuários contratarem 66% de mão de obra vinculada a partir de 1º de julho.

O sindicato argumenta que só depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) analisar o recurso é que o processo estará concluído. Enquanto isso, as companhias deveriam continuar com 50% de vinculados e 50% avulsos.

Hoje e amanhã, sindicalistas portuários encontrarão o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.

Segundo o Sopesp, o órgão patronal, a decisão do TST “permanece válida”. Três recursos do sindicato dos estivadores foram negados. O “acórdão do TST não precisa de outro instrumento ou outro nível judicial para aplicação e, portanto, não necessita de suposta decisão do Supremo”. Leia materia original em A Tribuna

email

Leia Também:

  1. Sintrammar tem eleição nesta quinta e sexta-feira
  2. Estivadores e portuários fazem assembleia conjunta nesta segunda
  3. P-55 deve deixar Rio Grande nesta sexta-feira
  4. Ogmo abre inscrições para estivadores na segunda-feira
  5. Navio invadido por estivadores segue para Santos Brasil nesta manhã

Deixe uma resposta


− 7 = 2