Compra da Tertir será o maior investimento turco de sempre em Portugal

30/09/2015No Comments

A Yilport passará a constar na lista dos vinte maiores operadores de terminais de contentores a nível mundial depois de comprar a Tertir, naquele que foi o maior investimento de uma empresa turca em Portugal

Reprodução

Reprodução

O grupo Yilport pretende investir na ampliação e modernização dos terminais detidos pela Tertir, revelou ao Negócios Gonçalo Botelho, administrador do Finantia, instituição financeira que assessorou o grupo turco nesta venda.

Mota-Engil anunciou esta terça-feira que chegou a acordo com a Yilport, do grupo turco Yildirim, para vender a posição na Tertir, sendo que o Novo Banco também alienou a posição de 37% detida nesta companhia. Também à mesma empresa alienou a Mota-Engil Logística, com a construtora a realizar um encaixe de 275 milhões de euros na operação.

A compra da Tertir será o maior investimento de sempre feito por uma empresa turca em Portugal. Para a Yilport, Portugal “tem um enorme potencial para poder vir a beneficiar do aumento previsto das trocas comerciais através do canal do Panamá”, refere Gonçalo Botelho.

Num comunicado emitido esta terça-feira, o presidente da companhia turca, Robert Yuksel Yildirim, destaca que ”desde a sua entrada no negócio de operações e gestão portuária, em 2005, a Yilport tornou-se um operador portuário global e continua a fazer progressos neste sector”.

Depois de concluído o negócio, a Yilport ficará com uma capacidade total anual de movimentação de contentores de 10 milhões de TEU (Twenty-foot Equivalent Unit [Unidade Equivalente a 20 Pés]) e uma capacidade anual de movimentação de granéis sólidos de 22 milhões de toneladas.

Números que permitirão à companhia turca “passar a constar na lista dos vinte maiores operadores de terminais de contentores a nível mundial”, salienta o comunicado, dando conta da ambição da Yilport de se tornar “um dos dez maiores operadores de terminais portuários a nível mundial”.

Reforça ainda que “a Yilport pretende igualmente reforçar no futuro o seu compromisso e investimento nos terminais portuários da Tertir, de forma a poder aumentar a sua competitividade, sobretudo através do aumento da movimentação de contentores e do fluxo de negócios nesses terminais”. Fonte: NegociosPT

email

Leia Também:

  1. Portugal: Investimento nos portos e ferrovia é prioridade até 2020
  2. Portugal: Governo apela ao investimento espanhol
  3. Portugal: Seguro quer investimento no porto de Sines
  4. China pode vir a ser um dos principais clientes de Portugal
  5. Espanha realiza em 2015 maior investimento em ferrovia de toda a legislatura

Deixe uma resposta


6 − = 4