CLIA Abremar Brasil visita Porto de Santos

26/05/2015No Comments

Após giro pelo Nordeste, com passagem pelos portos de Fortaleza, Natal, Recife, Maceió e Salvador, Associaçao visita dois portos da regiao Sudeste 

Em continuidade às ações de relacionamento que vem desenvolvendo nas últimas semanas, a CLIA BRASIL (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos) esteve, na manhã desta terça-feira (26), no CONCAIS – Terminal Marítimo de Passageiros, localizado no Porto de Santos, litoral de São Paulo.

unnamed CLIA ABREMAREm sua apresentação, Marco Ferraz, presidente da CLIA BRASIL, mostrou o cenário de oportunidades que o mercado de cruzeiros marítimos oferece às cidades destino, além de destacar a necessidade de o País se mostrar mais competitivo para que as armadoras voltem a enxergá-lo como um destino atraente. “Nosso objetivo é reverter a queda no número de navios e passageiros no país e, para isso, tentamos chegar a acordos comerciais que sejam bons para todos os lados. Acredito que esses encontros são muito saudáveis e mostram a importância de todas as partes trabalharem juntas. No final, todos ganham”, completou Marco.

“Temos a missão de fomentar o turismo dos destinos que já nos recebem e estimular os armadores internacionais a aumentar as escalas nesses locais, além de ampliar e diversificar os roteiros. Temos um mercado com demanda muito grande e nossa expectativa é aliar esforços para oferecer o Brasil aos armadores, com infraestrutura, receptivo de turistas referenciais, e custos adequados”, complementou Marcia Leite, coordenadora do GET de Infraestrutura da CLIA Brasil.

De acordo com Angelino Caputo, presidente da CODESP (Companhia Docas do Estado de São Paulo), a maior obra do Porto é, atualmente, o cais de passageiros. “Teremos, em agosto, a primeira parte dessa obra concluída, o que significará um trecho de 719 metros de cais, comportando até três navios com conforto”. O projeto total, de um cais com mais de 1200 metros e capacidade para seis navios, ainda não tem prazo para conclusão. O presidente da CODESP ainda afirmou que pretende, em conjunto com o Ministério da Fazenda, rever as cobranças portuárias.

Para Flavio Brancato, presidente do CONCAIS, todos os players do setor almejam o mesmo resultado, que é o aumento no número de navios e  de passageiros no Brasil. “Se todos estão focados nesse objetivo único, não vejo por que não conseguirmos nos ajustar e chegarmos a acordos. Creio que cada setor vai procurar se adaptar, avaliar seus custos e buscar uma solução. O turismo de Cruzeiros Marítimos somente se desenvolverá se nós nos unirmos e corrigirmos os problemas”, finalizou.

Na ocasião, também estavam presentes o Secretário de Turismo de Santos, Luiz Dias Guimarães; José Eduardo Lopes, Secretário Municipal de Assuntos Portuários; Ricardo Gomes, Capitão dos Portos de São Paulo; Coronel Almeida, da Polícia Militar; Dra. Cassiana Saad, Delegada de Polícia Federal; Sueli Martinez, Diretora de Operaçoes do CONCAIS; e representantes de operações portuárias, atracação, Guarda Portuária e ANVISA.

O porto de Santos recebeu 186 escalas na temporada 2015 2016, e é o que mais embarca passageiros no país.

email

Leia Também:

  1. Ministro dos Portos visita Porto de Santos
  2. Encontro discute aproveitamento de portos no Nordeste
  3. Píer Mauá: Brasil é caro para atividades de cruzeiros
  4. Porto de Santos recebe visita do governo da Jamaica
  5. Santos Brasil adota novos equipamentos de segurança nas unidades logísticas

Deixe uma resposta


1 + = 9