Portos públicos registram segunda melhor marca nos últimos anos

02/11/2016No Comments

De janeiro a setembro desse ano, os portos administrados pela Codeba totalizaram um aumento de quase 5% em movimentação de carga

Foto: CODEBA | Tadeu Miranda

Foto: CODEBA | Tadeu Miranda

De janeiro a setembro desse ano, os portos públicos de Salvador, Aratu-Candeias e Ilhéus, administrados pela Codeba, totalizaram um aumento de quase 5% em movimentação de carga, quando comparado ao mesmo período do ano passado. Em 2016, foram 8,4 milhões de toneladas, contra 8,39 milhões registradas em 2015, o que representa a segunda melhor marca alcançada nos portos públicos, quando comparada a períodos acumulativos idênticos de anos anteriores.

A análise isolada mostra que, no Porto de Salvador, a evolução foi de 7,6%, puxado pelo crescimento das cargas em contêineres, que alcançaram a melhor marca mensal neste ano, com 28 mil TEUS. Em Aratu-Candeias, a alta de 6,3% se deu em razão dos graneis líquidos.

“Os portos baianos estão respondendo bem ao atual momento de dificuldades econômicas, mantendo a movimentação de cargas em níveis bastante superiores aos registrados em idênticos períodos aos dos últimos três anos”, destacou o presidente da Codeba, Pedro Dantas. O desempenho permite a projeção de fechar o ano com o segundo melhor resultado anual em volume de carga entre os portos públicos.

Enquanto a movimentação de carga nos portos da Codeba apresenta resultados favoráveis, nos Terminais de Uso Privado (TUP) o desempenho se manteve aquém do esperado, totalizando 17,9 milhões de toneladas, acumulando um recuo de 18,2%. A queda reflete uma menor demanda das matérias primas, sobretudo no setor de petróleo e seus derivados e do setor agrícola, principalmente soja e derivados.

O total movimentado até setembro no Complexo Portuário Baía de Todos os Santos mais Porto de Ilhéus atingiu 26,4 milhões de toneladas contra 30,0 milhões em idêntico período do ano anterior, puxado pelo fraco desempenho dos TUPs, resultado que contribuiu para que a participação dos portos públicos em relação ao total geral, que era de 27% evoluísse em cinco pontos percentuais, chegando aos 32%, o melhor parâmetro dos últimos anos. Fonte: Ascom/Codeba

email

Leia Também:

  1. Exportações brasileiras registram segundo melhor resultado em janeiro
  2. Portos do PR registram recorde histórico na movimentação pelo 3º ano
  3. Portos registram crescimento acima do esperado em 2012
  4. Amazônia ameaçada de enfrentar maior seca dos últimos 50 anos
  5. Portos de SC serão administrados pelo estado por mais 25 anos

Deixe uma resposta


8 + = 9