Movimentação de contêineres cai 9% no Complexo Portuário em 2015

12/01/2016No Comments

O Complexo Portuário do Itajaí, que integra os portos de Itajaí e Navegantes, fechou 2015 com 9% de queda na movimentação de contêineres em relação a 2014 – número um pouco abaixo da expectativa. Passaram pelos terminais locais 983 mil TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), contra um milhão no ano anterior.

Foto: (Reprodução) Lucas Correia / Agência RBS

Foto: (Reprodução) Lucas Correia / Agência RBS

A maior perda ocorreu na APM Terminals, arrendatária do Porto de Itajaí, que perdeu linhas no segundo semestre e sofreu queda de 21% na movimentação.

Já a Portonave, em Navegantes, que é a maior movimentadora de contêineres de Santa Catarina, terminou o ano com perda de 3%.

O maior impacto para os números do Complexo foram os sucessivos fechamentos do canal de acesso, que impediram a entrada e saída de navios por 45 dias em 2015.

O escoamento das cheias no Vale do Itajaí provocaram perda de profundidade na foz, que ainda reflete nas operações. Desde outubro, o calado passou de 12,5 para 10 metros – o que limita as manobras.

O trade portuário espera que a dragagem de aprofundamento resolva o problema. Esta semana a Secretaria Especial de Portos (SEP) confirmou ao superintendente do Porto de Itajaí, Antônio Ayres dos Santos Junior, que lançará em 20 de janeiro o edital de licitação em Regime Diferenciado de Contratação (RDC) para que a obra saia do papel.

A dragagem vai custar R$ 68 milhões. Leia matéria original no Diário Catarinense

email

Leia Também:

  1. Complexo Portuário do Itajaí sobe cinco posições no ranking dos maiores do mundo
  2. Complexo Portuário movimenta mais de 10 milhões de toneladas em 2014
  3. Assinado contrato para execução de obras no Complexo Portuário do Itajaí
  4. Complexo Portuário de Itajaí precisa crescer para impulsionar a região
  5. Vento forte fecha o canal de acesso ao Complexo Portuário do Itajaí-Açu

Deixe uma resposta


2 + 5 =