Balança Comercial registra superávit de US$ 296 milhões na terceira semana de maio

26/05/2015No Comments

Superávit acumulado no mês de maio chega a US$ 1,948 bi

not1432574872Brasília (25 de maio) - O saldo da balança comercial da terceira semana de maio de 2015, com cinco dias úteis, registrou superávit de US$ 296 milhões, resultado de exportações de US$ 4,143 bilhões e de importações de US$ 3,847 bilhões. Os dados foram divulgados hoje pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

No período, as exportações apresentaram média diária de US$ 828,6 milhões, resultado 4,8% abaixo da média de US$ 870 milhões registrada até a segunda semana do mês, em razão da queda na exportação de semimanufaturados (-26,2%) – especialmente açúcar em bruto, celulose, couro e peles, ferro-ligas, semimanufaturados de ferro/aço, ouro em forma semimanufaturada –, e de básicos (-3,9%) – principalmente petróleo em bruto, minério de ferro, carne de frango e bovina e fumo em folhas. Por outro lado, houve alta nas vendas de manufaturados (2,4%), com destaque para aviões, automóveis, óxidos e hidróxidos de alumínio, motores e geradores, suco de laranja não congelado e hidrocarbonetos.

Já as importações registraram média diária de US$ 769,4 milhões na terceira semana de maio de 2015, um resultado 9,2% acima da média registrada até a segunda semana do mês (US$ 704,8 milhões). O resultado é consequência da alta nas compras de equipamentos mecânicos, aparelhos eletroeletrônicos, veículos automóveis e partes, farmacêuticos e plásticos e obras.

Mês

No acumulado do mês de maio (15 dias úteis), as exportações somam US$ 12,843 bilhões e as importações, US$ 10,895 bilhões, com saldo positivo de US$ 1,948 bilhão. A média diária das exportações até a terceira semana de maio foi de US$ 856,2 milhões, 13% acima da média diária registrada em abril deste ano, especialmente em virtude do aumento nas vendas das três categorias de produtos: básicos (18,1%), semimanufaturados (15,7%) e manufaturados (6,7%). No comparativo com maio de 2014 (US$ 988,2 milhões), o resultado é uma queda de 13,4%, em razão da redução nos produtos básicos (-17,8%), principalmente minério de ferro, carne bovina, de frango e suína, farelo de soja, café em grão e soja em grão;manufaturados (-7,6%), puxado por bombas e compressores, óleos combustíveis, máquinas para terraplanagem, motores e geradores, aviões, óxidos e hidróxidos de alumínio, e automóveis e autopeças; e semimanufaturados (-4,8%), por contas nas quedas de celulose, couros e peles, ferro-ligas e óleo de soja em bruto.
As importações brasileiras no mês acumulam desempenho médio diário de US$ 726,3 milhões, valor 0,9% abaixo da média diária registrada em abril de 2015 (US$ 733,3 milhões). Nesse comparativo, houve redução das compras de siderúrgicos (-24,4%), equipamentos mecânicos (-13,5%), veículos automóveis e partes (-12,3%), plásticos e obras (-8,8%), instrumentos de ótica e precisão (-7,2%) e aparelhos eletrônicos (-2,6%). No comparativo com maio de 2014 (US$ 954,3 milhões), as importações caíram 23,9% por conta da queda de gastos com combustíveis e lubrificantes (-42%), adubos e fertilizantes (-40,7%), siderúrgicos (-30,9%), veículos automóveis e partes (-30,3%), equipamentos mecânicos (-20,5%) e instrumentos de ótica/precisão (-27,8%).

Ano
Até a terceira semana de maio, as exportações totalizaram US$ 70,774 bilhões e as importações, US$ 73,892 bilhões, gerando um saldo negativo de US$ 3,118 bilhões. As exportações acumularam média diária de US$ 737,2 milhões, uma queda de 15,9% em relação à média diária de US$ 877,1 milhões registrada no mesmo período do ano passado. As importações apresentaram média diária de US$ 769,7 milhões, desempenho 17,2% abaixo do registrado no mesmo período de 2014, quando a média diária das importações foi de US$ 929,1 milhões. No ano, a corrente de comércio soma US$ 144,666 bilhões, com desempenho médio diário de US$ 1,506 bilhão. O valor é 16,6% menor que o verificado em 2014 (US$ 1,806 bilhão). Fonte: MDIC
Acesse as informações da balança comercial no período

email

Leia Também:

  1. Terceira semana de junho registra superávit US$ 585 milhões
  2. Superávit de maio cresceu na terceira semana
  3. Terceira semana de setembro tem superávit de US$ 591 milhões
  4. Balança comercial registra menor superávit para maio desde 2002
  5. Balança comercial da 1ª semana de outubro tem superávit de US$ 1,8 bilhão

Deixe uma resposta


− 7 = 1